Pesquisa faz balanço dos 10 anos da Declaração Pro Bono das Américas
01.02.2019

Notícias

Pesquisa faz balanço dos 10 anos da Declaração Pro Bono das Américas

A Latin Lawyer e o Cyrus R. Vance Center for International Justice divulgaram os resultados da pesquisa anual sobre a prática pro bono em escritórios da América Latina nos 10 anos da Declaração Pro Bono das Américas. Os resultados trazem um balanço dos dez anos de assinatura da Declaração Pro Bono das Américas, discutindo as complexidades de uma região que tem hoje 200 milhões de pessoas na pobreza e as possibilidades da advocacia pro bono para transformar essa realidade.

O relatório celebra o índice de 19% de escritórios cujos sócios atuam pro bono, e destaca a estratégia do Instituto Pro Bono no engajamento de escritórios Amicus em debates sobre temas como matrimônio legal e imigração. A institucionalização do pro bono para o bem da sociedade civil também foi destaque, o que indica o potencial de ampliação de esforços conjuntos de organizações e advogados pro bono, como o projeto de atendimento e audiências de custódia do Instituto Pro Bono. Em 2017 o projeto atendeu 650 pessoas e aproximou o Instituto de organizações como a Defensoria Pública do Estado e a OAB.

Quanto aos indicadores negativos, apesar da importância que os escritórios dão à existência de uma pessoa responsável pelo pro bono no quadro de funcionários ter aumentado, muitos ainda não cumpriram a meta da Declaração Pro Bono das Américas de completar 20 horas pro bono por ano por advogado.

Confira o relatório completo clicando aqui.

Copyright © Instituto Pro Bono. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo do Instituto Pro Bono. OKN group