ONG Casa Hacker utiliza internet para diminuir a desigualdade social
08.10.2019

ONG Casa Hacker utiliza internet para diminuir a desigualdade social

A entidade buscou o Instituto Pro Bono para se formalizar enquanto organização da sociedade civil e agora busca expandir projetos

 

Dedicada a colocar comunidades locais da periferia de Campinas no controle das experiências digitais, a Casa Hacker foi atendida pelo Instituto Pro Bono no projeto Atendimento a organizações. Após contar com o auxílio jurídico gratuito de um escritório parceiro, o coletivo se transformou em uma organização da sociedade civil, com possibilidade de captação de recursos e parcerias com o poder público e o setor privado. Agora, busca expandir o impacto de aprendizagem e justiça por meio da internet para pessoas  historicamente excluídas ou marginalizadas, por não poderem acessar plataformas digitais.

 

Crianças na Casa Hacker

A Casa Hacker

 

A organização possui atuação em Campo Grande, periferia da cidade de Campinas, e dedica-se à alfabetização digital da população da região. Segundo a entidade, nessa região apenas 30,2% da população tem rendimento nominal mensal per capita de até 1/2 salário mínimo. A missão da iniciativa é que as pessoas obtenham formação cidadã e pensamento crítico ao usar a internet, podendo ser tecnologicamente autônoma e contribuir com a sociedade. 

 

Entretanto, é necessário reafirmar que não só é conectar as pessoas que irá contribuir com essa formação, pois, segundo uma uma pesquisa da Quartz, 55% dos brasileiros acham que o Facebook é a internet. Ou seja, o que transforma a internet em sinônimo de consumir conteúdo em uma única plataforma digital. A Casa Hacker, portanto, visa engajar a comunidade local em uma mudança da perspectiva da internet para que o espaço digital não seja desigual e que assim possa contribuir para o “mundo real”. 

 

Hackeando o atendimento jurídico pro bono

Organizada anteriormente como um coletivo, graças ao auxílio jurídico de um escritório parceiro do Instituto Pro Bono, a Casa Hacker hoje é uma organização da sociedade civil. Com esse título, é viabilizada a ampliação da entidade, captação de recursos, isenções de impostos e também eventuais parcerias com o setor público e privado. Para Geraldo Santos, diretor-presidente da entidade, “o atendimento pro bono impacta diretamente o nosso público alvo que tem acesso a mais projetos e com melhor qualidade decorrente de nossa ampliação. E também nos ajudou a garantir compliance com as novas leis de dados do nosso país garantindo segurança para nossa organização e de nossos beneficiários”. 

 

Se sua organização sem fins lucrativos necessita de atendimento jurídico, basta acessar nosso site e cadastrar-se para receber auxílio jurídico de um advogado gratuito: http://bit.ly/cadastroentidade

Copyright © Instituto Pro Bono. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo do Instituto Pro Bono. OKN group