Mapa interativo: tráfico de drogas e prisões em Itapecerica da Serra e região
12.07.2019

Mapa interativo: tráfico de drogas e prisões em Itapecerica da Serra e região

Este mapa interativo foi produzido a partir de dados de atendimentos do Instituto Pro Bono em audiências de custódia, em casos de prisões por tráfico de drogas na região de Itapecerica da Serra. Nos sete meses de pesquisa, as prisões por tráfico somaram 45% atendimentos, totalizando 161 casos. O objetivo do mapeamento é ilustrar as dinâmicas sociais e de atuação comercial e policial no território, trazendo insumos para uma reflexão a respeito de seletividade penal, presença do Estado e políticas públicas voltadas à população de região. 


Os dados referem-se ao período de outubro de 2017 a abril de 2018, em que o Instituto realizou 322 atendimentos, por meio do trabalho voluntário de mais 160 advogados individuais e de grandes escritórios de advocacia, que contribuíram para o combate à desigualdade de acesso à justiça através de uma defesa criminal efetiva.  Além deste mapa, em breve também publicaremos um relatório completo do projeto, com gráficos, análises, outros mapas, relatos etnográficos e recomendações para os atores do sistema de justiça. 

 

Como usar esse mapa? 

Cada círculo vermelho corresponde a uma área em que houve abordagem policial com prisão por tráfico. Clicando no círculo, obtém-se informações sobre o perfil da pessoa presa, como  gênero, idade, cor/raça e se declarou dependência química, além de informações sobre a prisão, como tipos e quantidade de droga apreendida e a distância entre o local da prisão e a residência da pessoa. 

Também se encontram no mapa as delegacias de polícia da região e o Fórum de Itapecerica da Serra, onde foram realizadas as audiências de custódia, com atendimento feito pelos voluntários do Instituto Pro Bono.

 

Mapa da localização aproximada* das detenções com acusações relacionadas a tráfico de drogas atendidas pelo Projeto Audiências de Custódia, entre outubro de 2017 e fevereiro de 2017. Fontes: Instituto Pro Bono, Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo (2018c).*As localizações dos flagrantes podem haver sido ligeiramente deslocadas de maneira aleatória, para evitar a identificação dos domicílios das pessoas atendidas, sempre que esses se encontravam próximos ao local da detenção.

O projeto Audiência de Custódia

O projeto de Audiências de Custódia, realizado pelo Instituto Pro Bono, acontece desde dezembro na comarca de Itapecerica da Serra, em que advogadas e advogados pro bono e estudantes de direito atuam na defesa dos direitos humanos de pessoas presas em flagrante. A atuação se dá devido a um convênio com a Defensoria Pública do Estado de São Paulo.

 

Expediente de pesquisa:

Alexandre Gonçalves Jr.
Bernardo Chrispim Baron
Luisa Mozetic Plastino
Otavio Constantino
Rebecca Groterhorst
Surrailly Fernandes Youssef

Copyright © Instituto Pro Bono. Todo o conteúdo deste site é de uso exclusivo do Instituto Pro Bono. OKN group